quarta-feira, 3 de julho de 2013

A carência de programas infantis

A CARÊNCIA DE PROGRAMAS INFANTIS

Na década de 80 o que mais víamos na tv aberta, eram programas voltados para o público infantil, com jogos  e brincadeiras dinâmicas, os programas estimulavam os mirins, músicas para esta faixa etária também divertiam o ambiente e desenhos marcavam infâncias. Desenhos como : He-Man, Os Smurfs, Mupets Baby, Caverna do Dragão, Meu querido Poney entre outros faziam  sucesso com a garotada.
Apresentadores carismáticos conquistavam públicos de várias idades. Xuxa, Angélica, Mara Maravilha, Bozo, Turma do Balão Mágico, Bambalalão com seus programas.Durante todo o dia, o dia inteiro tinha programações para os pequenos. Era o início da separação da criança de seu responsável,  já que as mães conquistavam o mercado de trabalho e a TV era uma grande aliada nesta hora.
Com isso, muitos objetos foram lançados, marcas se solidificaram, brinquedos novos surgiram, modas foram lançadas, brincadeiras imitadas, propagandas dirigida ao público infantil os envolviam  cada vez mais.  


Foi uma década rica, que se estendeu até meados dos anos 90, mas terminou...
Hoje, assistindo a programação na TV aberta, não encontramos programas tão cativantes para os mirins.
As canções infantis estão se perdendo no tempo, dando lugar a outras não tão infantis assim. Os desenhos já não apresentam tanta  inocência, as marcas vão crescendo a cada dia e  brinquedos perdem suas funções rápido com a substituição de outros, brincadeiras entre equipes virou raridade nas ruas do bairro...
Saudades da época que não volta mais, saudades dos programas infantis...

Por: Hosana Leonor

Um comentário:

  1. EIS AÍ UMA DAS RAZÕES DE SERMOS TÃO EDUCADOS E DIFERENTES DOS ADOLESCENTES DE HOJE.

    ResponderExcluir